Comunicação |

Notícias

Buscar notícia

Procurar

Apresentados oficialmente, Diego Miranda e Léo ficam à disposição para o clássico

13/07/2017 ás 19:00 - Quinta
Imagem

Na preparação para o Clássico das Emoções do próximo sábado, o técnico Beto Campos ganhou duas novas opções no elenco: o meia Diego Miranda e o lateral-direito Léo. Regularizados, os dois foram apresentados oficialmente nesta quinta-feira (13), no CT Wilson Campos, e podem estrear contra o Santa Cruz, na Arena de Pernambuco, em duelo válido pela Série B.

Diego Miranda tem 26 anos, 1,69m, é canhoto e atua pelos lados do campo. Foi indicado pelo comandante alvirrubro e estava no Novo Hamburgo. O meio-campista também já atuou por Caxias, Lajeadense-RS, Ypiranga-RS, Juventude, Passo Fundo e Chapecoense. No Timbu, o atleta vive a expectativa de estrear já num clássico.

“Se puder ser contra o Santa Cruz, vou ficar muito feliz. Mas aqui tem muitos jogadores de qualidade como Giovanni, Erick, Vinícius e Gilmar. Do meio para frente são grandes atletas. Beto Campos me conhece, esta será a terceira vez que vamos trabalhar juntos. Então, sabe que posso agregar com bom passe, habilidade, bola parada e chutes de fora da área. Espero contribuir com a equipe”, afirmou o meia alvirrubro.

Já Léo tem 24 anos, 1,87m e também atuou pelo Novo Hamburgo nesta temporada com o técnico Beto Campos. O lateral-direito foi revelado pelo Caxias-RS e teve uma rápida passagem pelo América-RN, no ano passado. Ao ser apresentado pelo vice-presidente de futebol do Náutico, Emerson Barbosa, o jogador falou um pouco sobre as suas características.

“A minha primeira função é defender, mas quando precisa vou ao ataque e ajudo. Gosto de chegar na frente e ajudar os companheiros. Beto Campos me dá essa liberdade quando tem espaço. Também tenho a virtude de ser mais alto e ajudar na bola parada ofensiva e defensiva. E ainda posso atuar como volante. O treinador já frisou que gosta de jogadores polivalentes, posso jogar no meio-campo. O importante é contribuir de alguma forma”, ressaltou o lateral.

Clauber Santana / Comunicação CNC

Outras notícias