Comunicação |

Notícias

Buscar notícia

Procurar

Beto Campos aponta equilíbrio no clássico e ressalta evolução no segundo tempo

15/07/2017 ás 19:30 - Sábado
Imagem

O empate por 0x0 do Náutico contra o Santa Cruz, na Arena de Pernambuco, foi fruto do equilíbrio entre as duas equipes, de acordo com o técnico Beto Campos. Na análise do comandante alvirrubro, o duelo teve números iguais. O Tricolor foi melhor no primeiro tempo, enquanto o Timbu reagiu na etapa complementar e apresentou um futebol superior.

“No intervalo consertamos e até conversamos sobre algumas situações. O Santa Cruz nos pressionava e a gente saía no chutão. Estávamos ficando pouco com a bola, mas o jogo foi praticamente igual. O Santa foi melhor no primeiro tempo, e a gente no segundo, porque começamos a colocar a bola no chão. Até nos números, com faltas, escanteios, chances de gol, foi tudo muito igual”, avaliou o treinador do Timbu.

Beto Campos foi obrigado a fazer mudanças na equipe por conta da lesão de Gilmar. Com isso, Alison foi acionado no setor ofensivo e recebeu elogios do técnico. Segundo o comandante, a intenção era manter o modelo de jogo do time.

“Sempre é difícil perder um jogador no momento que está Gilmar. Assim como foi com Vinícius. Eu não quis mudar muito colocando Alison que é um homem de referência e vem treinando bem. Eu não o vi mal no jogo. Quando a bola chegou com qualidade, ele deu uma cabeçada bonita e o goleiro fez uma bela defesa”, finalizou.

Clauber Santana / Comunicação CNC

Outras notícias