Comunicação |

Notícias

Buscar notícia

Procurar

Roberto Fernandes aponta jogo de tempos distintos e acredita em evolução

12/08/2017 ás 00:10 - Sábado
Imagem

A derrota para o América-MG por 1x0, fora de casa, nesta sexta-feira, deixou uma mistura de sentimentos no técnico Roberto Fernandes. O comandante alvirrubro aprovou a postura da equipe diante do líder no segundo tempo, porém, lamentou a falta de sorte em buscar o empate. Além disso, apostou na evolução do Timbu na sequência da Série B para fugir da zona de rebaixamento.

“Foram dois tempos distintos com a mesma formação. No primeiro tempo, abrimos mão de jogar. O Náutico respeitou demais o América. No segundo tempo, com uma alteração, a atitude foi completamente diferente. O time acreditou que era possível e poderíamos ter melhor sorte. Não questiono o resultado porque é competência. Se terminou 1x0, o América fez por onde. Mas fico com a expectativa boa de que o time pode evoluir bastante na competição e buscar os resultados que nos interessa”, analisou o treinador alvirrubro.

Passado o duelo contra o líder, Roberto Fernandes já está com a cabeça na próxima partida. Na terça-feira (15), às 21h30, na Arena de Pernambuco, o Timbu enfrenta o Figueirense em um confronto direto contra o rebaixamento. E o técnico do Náutico espera contar com o apoio da torcida para buscar mais uma vitória.

“É pensar no Figueirense e vencer ou vencer. É um confronto direto e precisamos pontuar em casa. O Náutico, neste segundo turno, precisa verdadeiramente ser mandante. Precisamos em casa buscar o aproveitamento máximo que é vitória. Se conseguirmos isso vamos dar um grande passo para sair dessa situação. Precisamos, mais do que nunca, contar com o apoio da torcida. Foi bonito ver os torcedores ao final do jogo de hoje falando que acreditam e nos apoiando porque viram a luta. Em casa não pode ser diferente. Precisamos da vitória não só contra o Figueirense, mas diante de qualquer adversário”, concluiu.

Clauber Santana / Comunicação CNC

Outras notícias