Comunicação |

Notícias

Buscar notícia

Procurar

Diretoria de futebol apresenta planejamento para 2018

29/11/2017 ás 19:44 - Quarta
Imagem

“A condução do Futebol do Náutico em 2018 será com serenidade e muito cerebral. Não podemos agir pela emoção, tudo terá um norte. Vamos arriscar o mínimo possível para termos o mínimo de erro. Precisamos acertar!”. Com esse direcionamento, o vice-presidente de Futebol, Diógenes Braga, resume o espírito da Diretoria de Futebol, que promoveu coletiva de imprensa, na manhã desta quarta-feira (29), no Memorial Alvirrubro, para apresentar aos jornalistas perfil do trabalho para a temporada 2018.

Além de Diógenes, participaram da coletiva o presidente em exercício do Náutico, Ivan Pinto da Rocha; o gerente de Futebol, Ítalo Rodrigues, e o treinador do Náutico, Roberto Fernandes. Os diretores de Futebol Fábio Lins e Thiago Dias também estiveram presentes ao encontro com a imprensa. Todos os detalhes do planejamento do Náutico para 2018, o calendário de jogos e as contratações já feitas foram revelados aos jornalistas.

Apesar de ter quatro competições – Copa do Nordeste, Campeonato Pernambucano, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro -, para disputar em 2018, o foco principal do grupo será conquistar o acesso a Série B. “Vamos buscar o melhor resultado possível nessas competições, que é ser campeão, mas a nossa grande prioridade é a Série C. O Náutico vai disputar a Terceira Divisão, mas não é uma equipe de Série C. É fundamental para a saúde do clube que a gente busque esse acesso, e que esse momento seja pra gente apenas um bate e volta”, afirmou Roberto Fernandes.

Para conseguir o objetivo, o departamento se compromete a trabalhar priorizando o bom senso com a realidade financeira do clube. “Nós estamos partindo de uma folha muito enxuta, que nos dê segurança de honrar com nossos compromissos. Temos extrema responsabilidade e vamos procurar nos mantermos dentro dos recursos que forem obtidos para o Náutico", ressaltou Diógenes.

PERFIL DO ELENCO

O técnico Roberto Fernandes descreveu o perfil do elenco que irá compor a equipe em 2018. “Vamos priorizar jogadores que estejam dentro do perfil financeiro do clube. Em segundo lugar, que acreditem no projeto e se comprometam com o ano do Náutico, sabendo da responsabilidade que é conduzir o clube de volta à Série B. O jogador que vier para o Náutico precisa entender que tem que vir aqui e deixar uma marca, um legado positivo. O terceiro ponto é que buscamos, preferencialmente, atletas que conheçam as competições que disputaremos. O perfil de jogador de Série A não joga Série C. Teremos jogadores especialistas, como um atacante que está ali só para fazer gols, e versáteis, pois o nosso orçamento é baixo. Por último, queremos um time competitivo, com atletas com característica de força, velocidade e intensidade de jogo”.

Entre as novidades para a nova temporada, o treinador destacou que 30% do grupo serão de jogadores vindos do Sub-20 do Náutico. Esses atletas, no entanto, só começarão a treinar com o time profissional após a Copa São Paulo.

“Queremos dar oportunidade às nossas categorias de base. Em torno de oito jogadores da atual equipe Sub-20 vão subir para o profissional. Não estou falando dos jogadores que já subiram este ano e integram o profissional, mas de novos atletas que terão a chance de conquistar uma vaga no elenco”, completou o treinador.

PRÉ-TEMPORADA

Para dar início a pré-temporada, a equipe do Náutico se reapresentará no dia 14 de dezembro no Centro de Treinamento Wilson Campos. A primeira partida oficial do Náutico está marcada para o dia 9 de janeiro, pela pré-Copa do Nordeste, contra o Itabaiana-SE. Antes de disputar o primeiro jogo oficial de 2018, o time deverá fazer três jogos amistosos, um deles contra o Sub-20 do Timbu.

Raíza Araújo / Comunicação CNC

Outras notícias